NECROMANTES

                                        CONTRA OS ADIVINHOS E FEITICEIROS

Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te der, não aprenderas a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o Senhor teu Deus. Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o Senhor teu Deus não permitiu tal coisa Dt 18.9-14. Magia, feitiçaria e consulta aos mortos foram proibidas. Os poderes sobrenaturais de origem satânica, muitas vezes, se manifestam nessas práticas. A seita religiosa do espiritismo é incompatível com o Cristianismo Bíblico. Passar pelo fogo provavelmente se refere a prova do fogo, um teste de devoção cabal a Moloque, o deus de Amom. E da tua descendência não darás nenhum para dedicar-se a Moloque, nem profanarás o nome de teu Deus: Eu sou o Senhor. Moloque. Heb mõlckh, que é palavra melekh rei com as vogais da palavra bõshcth vergonha. O nome Baal quer dizer senhor; rei era apenas um outro nome que os idólatras davam aos baalins; para Israelitas, portanto, os ídolos de Baal, longe de ser imagens de reis, eram apenas coisas de vergonhas, tentando o povo a dois pecados graves; a adoração de falsos deuses em lugar do próprio Deus, e a empregar liturgias pagãs para adorar Jeová. Ambos estes pecado eram uma abominação perante Deus. O nome especifico usado aqui se refere a uma imagem oca, com braços estendidos, e com um incinerador na parte vazia, destinado a receber crianças em sacrifício queimado. Não farás assim ao Senhor teu Deus, porque tudo o que é abominável ao Senhor, e que ele odeia, fizeram eles a seus deuses; pois até a seus filhos e a suas filhas queimaram com fogo aos seus deuses Dt 12.31. Também profanou a Tofete, que está no vale dos filhos de Hinom, para que ninguém queimasse a seu filho, ou sua filha como sacrifício a Moloque. Tofete. lugar predileto dos adoradores do ídolo dos amonitas, Moloque, que era feito de bronze, oco, contendo brasas incandescentes no seu interior que consumiam as crianças ali lançadas.
Quando vos disserem: Consultai os necromantes e os adivinhos, que chilreiam e murmuram, acaso não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos? Isaías 8.19. Necromantes. Por causa do seu grande medo da situação, algumas pessoas procuravam os necromantes para consultar os mortos. Tais adivinhos pagãos estavam contrariando abertamente a Lei de Deus, rejeitando assim a Vida Eterna, a alva mencionada no v 20. A Lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva. Expressão abrangendo tudo o que existia da Palavra de Deus naquela época. Quando o homem se afasta da Palavra de Deus, perde a possibilidade de vir a crer para ser salvo. Não vos voltareis para os necromantes, nem para os adivinhos; não os procureis para serdes contaminados por eles: Eu sou o Senhor vosso Deus Lv 19.31. Necromantes. Pessoas que se comunicavam com os mortos, ou seja, médiuns. Aqui há uma forte condenação das práticas espiritas existentes no dia de hoje. A Bíblia condena taxativamente a invocação dos mortos. Quando alguém se virar para os necromantes e feiticeiros para se prostituir com eles, Eu me voltarei contra ele e o eliminarei do meio do seu povo Lv 20.6. Consultar médiuns, numa tentativa de se comunicar com os espíritos dos mortos, era um pecado que acarretava a penalidade da morte, tanto para o médium como para aquele que o consultava. Estes versículos também são uma condenação ao espiritismo dos nossos dias. Os que praticavam a magia, ou que empregavam certas palavras chamadas mágicas com o fim de obter o auxilio dos espíritos para produzirem efeitos sobrenaturais nas criaturas, eram condenados. Nem sempre se distingue entre o agoureiro e o adivinhador, mas todas as suas práticas, juntamente com a astrologia, o horóscopo, o espiritismo a macumba, as sortes e as adivinhações são terminantemente proibidas na Palavra de Deus. 
Print Friendly and PDF