OS FALSOS MESTRES

Pois Deus não deixou escapar os anjos que pecaram, mas os jogou no inferno e os deixou presos com
correntes na escuridão, esperando o Dia do julgamento. Deus não deixou escapar o mundo antigo, mas trouxe o dilúvio sobre o mundo dos que não queriam saber de Deus. A única pessoa que ele salvou foi Noé, que anunciou que todos deviam obedecer a Deus. E Deus também salvou mais outras sete pessoas. Deus condenou as cidades de Sodoma e Gomorra, destruindo-as com fogo, como exemplo do que vai acontecer com os que não querem saber dele. Ele salvou Ló, um homem bom, que estava aflito porque conhecia a vida da quela gente imoral. Todos os dias esse homem bom, que vivia entre eles, ficava muito agoniado ao ver e ouvir as coisas más que aquela gente fazia. Tudo isso nos mostra que o Senhor sabe como livrar das aflições as pessoas dedicadas a ele e também sabe como guardar os maus debaixo de castigo para o Dia do julgamento. Ele castigará especialmente os que seguem seus próprios desejos imorais e desprezam a autoridade dele. Esses falsos mestres são atrevidos e orgulhosos. Eles não têm nenhum respeito pelos gloriosos seres celestial e os insultam 2 Pe 2.4-10. Os anjos que pecaram Jd 6. Lembrem dos anjos que não ficaram dentro dos limites da sua própria autóridade, mas abandonaram o lugar onde moravam. Eles estão amarrados com correntes eternas, lá embaixo na escuridão, onde Deus os está guardando para aquele grande dia em que serão condenados. Alguns dos melhores manuscritos trazem em abismo escuros. 
Print Friendly and PDF

JESUS RESPONDEU AOS FARISEUS E SADUCEUS

Alguns saduceus, os quais afirmam que ninguém ressuscita, chegaram perto de Jesus e disseram:
Mestre, Moisés escreveu para nós a seguinte lei: "Se um homem morrer e deixar a esposa sem filhos, o irmão dele deve casar com a viúva, para terem filhos, o que serão considerados filhos do irmão que morreu." Acontece que havia sete irmãos. O mais velho casou e morreu sem deixar filhos. Então o segundo casou com a viúva, e depois o terceiro. E assim a mesma coisa aconteceu com os sete irmãos, isto é, todos morreram sem deixar filhos. Depois a mulher também morreu. Portanto, no dia da ressurreição, de qual dos sete a mulher vai ser esposa? Pois todos eles casaram com ela! Jesus respondeu: Nesta vida os homens e as mulheres casam. Mas as pessoas que morrem e alcançar a ressurreição e a vida futura não vão casar lá, pois serão como os anjos e não poderão morrer. Serão filhos de Deus porque ressuscitaram. E Moisés mostra claramente que os mortos serão ressuscitados. Quando fala do espinheiro que estava em fogo, ele escreve que o Senhor é "o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó." Isso mostra que Deus é Deus dos vivos e não dos mortos, pois para ele todos estão vivos. Aí alguns mestres da Lei disseram: Boa resposta, Mestre! E não tinham coragem de lhe fazer mais perguntas. Lucas capitulo 20.27-40. Ao contrário dos fariseus, os saduceus não acreditavam na ressurreição. Pedro e João ainda estavam falando ao povo quando chegaram alguns sacerdotes, o chefe da guarda do Templo e alguns saduceus. Eles ficaram muito aborrecidos porque os dois apóstolos estavam ensinando ao povo que Jesus havia ressuscitado e que isso prova que os mortos vão ressuscitar. Quando Paulo percebeu que alguns do Conselho eram do partido dos saduceus e outros do partido dos fariseus, disse bem alto: Meus irmãos, eu sou fariseu e filho de fariseus. Estou aqui sendo julgado porque creio que os mortos vão ressuscitar. Assim que ele disse isso, os fariseus e os saduceus começaram a discutir, e o Conselho se dividiu. É que os saduceus não creem que os mortos vão ressuscitar, nem que existem anjos ou espíritos; mas os fariseus creem nessas coisas. E assim a gritaria aumentou ainda mais. Então alguns mestres da Lei que pertenciam ao partido dos fariseus se levantaram e protestaram. Eles disseram: Não vemos nenhum mal neste homem. Pode ser mesmo que um anjo ou um espírito tenha falado com ele. A briga chegou a tal ponto, que o comandante ficou com medo de que Paulo fosse despedaçado por eles. por isso mandou os guardas descerem para tirar Paulo do meio deles e o levar de volta para a fortaleza. At 4.1-2; 23.6-10. A história que os saduceus contam a Jesus é pura invenção. Ela serviria como prova de que a ideia de ressuscitar e voltar a viver uma vida como a que temos aqui na terra é um absurdo. A resposta de Jesus mostra que eles não entendem o que quer dizer ressuscitar.  Eles citam Dt 25.5-6; Gn 38.8. A Lei de Moisés diz o que devia ser feito para o nome de um homem e de sua família fosse preservado neste mundo. Nada dizia, assim pensava os saduceus, sobre a ressurreição. Jesus mostra que eles estão errados.
Print Friendly and PDF