A CHAVE QUE ABRE

Pois quero que saibam o quanto eu tenho trabalhado por vocês, e pelos que moram em Laodiceia, e
por muitos outros que não me conhecem pessoalmente. Eu trabalho para que o coração deles se encha de coragem e eles sejam unidos em amor e assim fiquem completamente enriquecidos com a segurança que é dada pela verdadeira compreensão do segredo de Deus. Esse segredo é Cristo, o qual é a chave que abre todos os tesouros escondidos do conhecimento e da sabedoria que vêm de Deus. Eu posso afirmar que ele tem trabalhado muito em favor de vocês e pela gente de Laodiceia e de Hierápolis. Que me disse: Escreve num livro o que você vai ver e mende esse livro as igreja que estão nestas sete cidades: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodiceia. Ao anjo da igreja de Laodiceia escreva o seguinte: Esta é a mensagem do Amém, da testemunha fiel e verdadeira, daquele por meio de quem Deus criou todas as coisas Cl 2.1-3; 4.13; Ap 1.11; 3.14. Laodiceia. Uma das cidades mais ricas da Asia Menor, que orgulhosamente recusou a ajuda de Roma quando foi destruída por um terremoto em 60 d.C. Distava 160 km de Éfeso, e 80 km de Filadélfia, no encontro de três estradas importante. O principal da criação de Deus. Princípio significa, aqui, fonte, origem, descrevendo assim a Cristo, tanto na sua atuação na criação original Jo 1.1-4;  Cl 1.15-18, como na sua obra ao suscitar a Nova Criação 2 Co 5.17. Vomitar-te. Perto de Laodiceia havia fontes de água mineral morna e emética, que o viajante sedento rejeitaria com nojo. Este é o desgosto que Cristo sente para com uma igreja espiritualmente morna. Qualquer outra condição espiritual seria mais promissora. Estou rico. A igreja local da cidade rica já abraçará a acomodada atitude prevalecente da soberba das riquezas materiais produzem uma conformidade fatal com os padrões morais mundanos. Eles dizem: "É verdade que somos ricos, mas ninguém pode nos acusar de termos ajuntado a nossa riqueza por meios desonesto. Dá fartura aos que têm fome e manda os ricos embora com as mãos vazias Os 8.12; Lc 1.53. Ouro refinado pelo fogo. Simboliza a verdadeira riqueza celestial, sem mácula nem tristezas Mt 6.19-20; Lc 12.21. Uma mensagem para mostrar a atitude de Cristo ao encarar os jactanciosos de Laodiceia: Seu centro bancário, seu colírio, sua lã preta não servirão para dar a riqueza, visão e decência espirituais. Estes eram os produtos locais. Estou a porta . O contexto não sugere uma referência a segunda vinda e o banquete messiânico; são boas vindas a vivência de Cristo no seu meio. Seu culto, portanto, era uma fraude vazia. Se qualquer individuo, porém, quer abrir a porta do seu intimo e ouvir a chamada de Cristo, então Cristo entrará para dirigir sua vida e lhe oferecer sua convivência. Assim fica claro que é Cristo quem salva, não a sua igreja; mostra que uma igreja pode existir como casca, mantendo seu culto formal, todavia faltando o coração que é a comunhão do Senhor    

NOTICIA BÍBLICA

O PROFETA NÃO PODE CALAR

HÁ DOR IGUAL A MINHA?

CHAMADA DE DEUS

A ALIANÇA É VIOLADA

FIGUEIRA

O SERMÃO PROFÉTICO