A PARÁBOLA DO SEMEADOR

Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear. Entrou num barco. A fastando-se da multidão, Jesus podia do palco do barquinho, ser ouvido por muito mais gente. Um púlpito natural, separado da multidão. Esta parábola do semeador inicia-se e termina com a chamada a atenção e a importância de sua mensagem, como também a necessidade de fé da parte do ouvinte. As parábolas ofereciam vantagens ao Mestre incomparável: Prendiam o interesse; Eram um veículo pedagógico muito comum entre os Judeus 2 Sm 12:1-7. A parábola do semeador sugere vários propósitos: Encorajamento aos proclamadores da mensagem da salvação em face de muito desinteresse e oposição; A responsabilidade do ouvinte de perseverar em face das dúvidas vindas do diabo, a perseguição dos oponentes e a tentação do mundo; A diferença entre a receptividade dos discípulos e dos incrédulos. Quatro reações a pregação do evangelho, o coração duro:Tem o diabo em pleno controle; o coração instável: Que espera displicentemente por uma cômoda viagem para o lar celestial; o coração egoísta: Quer o que há de melhor no evangelho e no mundo Mt 6:24; o novo coração: Preparado por Deus Ez 36;26ss.

Capacita Deus a Usar Instrumentos Fracos Para Realizar Grandes Resultados

Uma Vara= Êx 4:2.

Simbolo de autoridade e de apoio, aparece por um momento na forma da serpente, simbolo das obras de Satanás. Jesus, o Cristo de Judá a quem os povos terão de obedecer foi assim a forma da carne pecaminosa, para a nossa justificação. Como Moisés fez o povo olhar para uma serpente de bronze, na fé, para que se curasse da mordedura das serpentes do deserto, assim nós temos de olhar para Cristo, a fim de obtermos a salvação. O ser humano carnal foge desta doutrina, assim como Moisés fugiu antes de ser realmente obediente, consagrado e ungido. 

Queixada de um Jumento=Jz 15:15

Cinco Pedrinhas=1 Sm 17:40

Qualquer coisa na mão com  Deus, vale muito e da certo

Um Punhado de Farinha Um Pouco de Azeite=1 Rs 17:12

Esta mulher não era uma israelita, e seria considerada uma pagã não reconhece o senhor como seu Deus. Mas sua obediência ao profeta, e a fé que revelara ter na promessa feita em nome do Deus de Elias 13:14, fez dela, não somente um instrumento da misericórdia divina com relação ao profeta, mas também o recipiente dos cuidados divinos com respeito a ela mesma e a seu filho (dar e receber sempre vêm juntos na vida religiosa), para no fim ela receber a dádiva mais importante de todas: a fé verdadeira na palavra de Deus.

Uma Nuvem do Tamanho da Mão de um Homem=1 Rs 18:44

Pequenas coisas=Zc 4:10

Cinco Pães de Cevada=Jo 6:9


FAÇA AQUI O SEU COMENTÁRIO
Print Friendly and PDF