17 de novembro de 2014

A TRAVESSIA DO JORDÃO

MOISÉS É PROIBIDO DE CRUZAR O JORDÃO


Também nessa ocasião pedi graça ao senhor, dizendo: Ó senhor Jeová! Já começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza e a tua forte mão. Pois que Deus há nos céus e na terra que possa realizar obras e feitos poderosos como os teus? Rogo-te que me deixes passar, para que veja essa boa terra que está do outro lado do Jordão, essa boa região montanhosa, e o Líbano! O senhor, porém, indignou-se muito contra mim por vossa causa e não me atendeu. Pelo contrário, disse-me: Basta; não me fales mais a esse respeito. Sobe ao cume do Pisga, levanta os olhos para o Ocidente, e para o Norte, e para o Sul, e para o Oriente. Vê a terra com os teus próprios olhos, porque não atravessará este Jordão. Dá ordens a Josué, encoraja-o e fortalece-o, pois é ele quem passará a frente deste povo, e o fará possuir a terra que tu apenas verás. Assim ficamos no vale diante de Bete-Peor (Dt 3.23-29). Moisés encerra seu primeiro discurso com uma exortação a obediência (4.1-40); é feita uma observação sobre a separação das três cidades de refugio (41-43); depois vem a introdução ao segundo discurso de Moisés (44-49). Estatutos....Juízos....mandamentos. Essas palavras, bem como testemunhos (45), descrevem a lei em seus vários aspectos. Hoje o senhor, o teu Deus, te manda cumprir estes estatutos e juízos; guarda-os e observa-os de todo o teu coração e de toda a tua alma. Hoje declaraste que o senhor é o teu Deus e que andarás nos seus caminhos, guardarás os seus estatutos, os seus mandamentos, os seus juízos, e darás ouvidos a sua voz. e hoje o senhor te declarou que serás para ele um povo particular, como te tem dito, e que guardarás todos os seus mandamentos. Para assim te exaltar em louvor, em fama e em honra sobre todas as nações que criou, e para que sejas povo santo ao senhor, o teu Deus, como tem dito (Dt 26.16-19). Para que vivais...A palavra de Deus é o pão da vida e suas palavras apontam o caminho da vida eterna (8.3). Ele te afligiu e te deixou  ter fome; depois te sustentou com o maná que não conhecias, e que os teus pais também não conheceram, para te dar a entender que não só de pão vive o homem, mas de tudo o que sai da boca do senhor. Porque me perguntas a respeito do que é bom? Bom só há um. Se queres, porém, entrar na vida, obedeça aos mandamentos (Mt 19.17).  O Espirito é que vivifica, a carne para nada serve. As palavras que eu vos disse são espirito e vida (Jo 6.63). Nada acrescenteis...nem diminuireis. Há uma clara distinção entre a palavra de Deus e a palavra do homem (Mt 5.17-19; 15.6; Ap 22.18-19). Muitas divisões e heresias, na cristandade, têm se originado daqueles que consideram as tradições humanas ou as chamadas revelações como verdades divinas. Outras heresias têm surgido daquelas que solapam a revelação bíblica, ao negarem a autoridade e a inspiração divina. E sucedeu o tal sinal ou prodígio de que houver falado, e disser: Vamos após outros deuses, que não conhecestes, e sirvamo-los. No meio da terra...A lei visava primeiramente a israel. Seu cerimonial e regulamentos judiciais eram para ser usados por uma nação na terra, até que fosse feita a revelação posterior, quando Cristo viesse. Honra a teu pai e a tua mãe, como o senhor, o teu Deus, te ordenou, para que se prolonguem oe teus dias e para que te vá bem na terra que o senhor, o teu Deus, te dá. Toda esta lei...A relevância da lei mosaica para o crente pode ser resumida como segue: Primeiramente, esta lei contém certos elementos transitório, a que não se obrigam os cristãos (4.5n). Em segundo lugar, encerra princípios eternos de santidade, justiça e verdade, incluídos no Decálogo e implícitos em toda lei, que se impõe a todas as gerações de judeus e cristãos. A estes se refere a frase está escrito (Mt 4.10;  5.17; Rm 13.9; 1 Pe 1.16). Em terceiro lugar, como parte da Bíblia inspirada, todo livro foi escrito para nos instruir (Rm 15.4), e é muito aproveitoso  (2 Tm 3.16). Finalmente, é sabido que Moisés escreveu acerca de Cristo (Jo 5.46; Dt 18.15). Cristo, portanto deve ser procurado nessas paginas, já que toda lei tem a fim de nos conduzir a Ele (Gl 3.24).
Print Friendly and PDF

12 de novembro de 2014

ÍDOLOS MUNDANO

OS ÍDOLOS E SUAS CARACTERÍSTICAS

PAGÃOS

O Senhor Deus os espalhará pelas nações estrangeiras, onde poucos de vocês ficarão vivos. Naquelas nações  vocês adorarão deuses feitos de madeira e de pedra, que não vêem, nem ouvem, não comem, nem cheiram. Lá vocês procurarão o Senhor, seu Deus, e o encontrarão, se o buscarem com todo o coração e com toda alma (Dt 4.27-29). Desde os princípios da existência humana, foram desenvolvendo crença e costumes religiosos, e, já no tempo de Moisés, cada tribo e região tinha sua religião local, imutável, já havia séculos. Eram idéias humanas produzidas pelo fato de a própria natureza do universo proclamar muita coisa sobre seu Criador (Sl 19.1). A ideia de Deus procurar deliberadamente um povo, resgatando-o com amor e poder, era desconhecida aos pagãos. Israel é avisado que seriam exilados de sua herança como pena pela idolatria.  A desobediência traria não só derrota, mas também o exilo. Essas palavras se cumpriram na queda de Satanás, em 722 a.C, e na queda de Jerusalém, em 586 a. C. Foram novamente cumpridas quando Tito transportou muitos judeus ao Egito, após a destruição de Jerusalém, em 70 d. C. Esse notável aviso sobre o exilo foi dado antes mesmo de israel ter entrado em Canaã. Só pela inspiração divina. Moisés poderia ter previsto de modo tão claro o resultado da desobediência.


PERECÍVEIS 

O Sacerdote idólatra escolhe madeira que não se corrompe e busca um artífice perito para assentar uma imagem esculpida que não oscile (Is 40.20). A queda de um ídolo seria considerada mau agouro. No dia seguinte, de manhã, os moradores de Asdode viram que a imagem de Dagom estava caída de cara no chão, na frente da arca da aliança. Então eles pegaram a imagem e a puseram de volta no seu lugar (1 Sm 5.3). Caiu o grande Dagom perante a arca, que era, apenas, mero simbolo da presença do Senhor. Maiores méritos tem o próprio Senhor, diante de quem não há outro deus (Êx 20.3. Não terás outros deuses diante de mim.  Não se deve amar, adorar ou obedecer a qualquer coisa que seja, acima da vontade divina. Filhinhos, guardai-vos dos ídolos.



Print Friendly and PDF

10 de novembro de 2014

VINDE A MIM

SOBRE CARREGADOS SOBRECARREGADOS

 Vinde a mim todos os que
estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei  de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve (Mt 12.28-30).Os que levam o fardo dos fariseus, as exigências da lei e as tradições para salvos. Atam fardos pesados e difíceis de carregar e os põem sobre os ombros dos homens, entretanto eles mesmos nem com dedo querem movê-los. (JUGO) Os rabinos fariseus usaram a metáfora do jugo da lei. (VINDE A MIM). O convite é para todos: O convite é para vir a Jesus sem intermediários: O convite é para os aflitos: O convite oferece alívio a alma: O convite é para se rejeitar o jugo cruel do mundo e do pecado, e para receber o suave de Cristo ( é suave porque Cristo carrega o peso por nós): O convite oferece-nos descanso espiritual num Mestra verdadeiramente misericordioso. As maravilhas de Jesus: O convite de Jesus: O alívio de Jesus: O descanso de Jesus: O jugo de Jesus: A paz de Jesus.  Assim como a pomba de Noé encontrou, na arca, o descanso que não existia fora, assim o crente encontra, no Senhor Jesus, descanso e paz para o seu coração. Justificados, pois, mediante a fé, tenhamos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo (Rm 5.1).

Print Friendly and PDF

6 de novembro de 2014

PROCESSO JURÍDICO

AS  ABOMINAÇÕES DA CASA DE ISRAEL DEPOIS DO ÊXODO

EZEQUIEL CAPITULO 20

JULGÁ-LOS-IAS= Homem mortal, você está pronto para julgar essa gente? Então julgue. Faça com que eles lembrem das coisas vergonhosas que os antepassados deles fizeram(v.4). Deus está convidando seu servo a anunciar o julgamento divino contra os representantes daquela nação pecaminosa. O conteúdo deste capitulo é como um processo jurídico contra a nação no qual as acusações  seguem o curso da história nacional. A data do discurso seria por volta de julho de 591 a.C (v.1). Quatro anos antes da destruição de Jerusalém. A data da fundação da nação de Israelita se conta desde o Êxodo, não obstante a vocação de Abraão ter extinto quinhentos anos antes. A resistência que Moisés suportou da parte do seu próprio povo, mostra que a influência do Egito ultrapassou a dos patriarcas ( v.6.8).



POR AMOR DO MEU NOME=Mas eles se revoltaram contra mim e não quiseram me ouvir. E não jogaram fora os seus ídolos nojentos, nem abandonaram os ídolos do Egito. Eu estava pronto para fazê-los sentir, ali no Egito, a força da minha ira. Porém não fiz isso a fim de não trazer desonra para o meu nome. Pois, na presença do povo no meio do qual os Israelitas estavam vivendo, eu havia anunciado que ia tirá-los do Egito( v.9). Quando Deus retirou seu povo do Egito, com grandes sinais, completou a obra até a chegada em Canaã, não por causa do merecimento humano, mas para que os que souberem do fato não chegassem a cair na descrença, vendo os planos divinos falharem como Moisés disse nas suplicas em favor do povo pecaminoso, qualquer castigo divino que caise sobre os Israelitas seria considerado como sinal de falta da parte de Deus em levar seu povo a segurança (Êx 32.11-14).



VIVARA POR ELA= Dei-lhes os meus estatutos, e lhes fiz conhecer os meus juízos, os quais cumprindo-os o homem, viverá por eles(v.11). A lei de Deus não é um jogo, mas um, alivio para guiar o povo em caminho de saúde física, mental, politica e espiritual, enfim, para conceder a plenitude da vida em todos os aspectos (Jo 10.10). 



TERRA QUE MANA LEITE E MEL= Além disso, no deserto jurei que não os levaria a terra que eu tinha dado a eles, uma terra boa e rica, a melhor de todas, que mana leite e mel(v.15). Alimentos dos mais completos e valiosos. O leite contém todos os alimentos necessários para a vida, o mel serve como remédio e como algo de doce sabor. Usando-se estes alimentos em lugar de gordura animal e de açúcar refinado, e acrescentando-se cebolas, azeitonas, maçãs, nozes, figos, cereais, uvas, manteigas, cominho, pepinos, alhos, lentilhas, hortelã, etc... que a terra de Canaã produzia, e, levando-se em consideração a proibição contra a carne de porco, eis uma dieta que seria recomendada até pela própria ciência moderna.


Print Friendly and PDF

3 de novembro de 2014

EU PRECISO IR A JERUSALÉM

JESUS FALA DA SUA MORTE E DA RESSURREIÇÃO 

Dai em diante, Jesus começou a dizer claramente aos discípulos: Eu preciso ir para Jerusalém, e ali os líderes judeus, os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei farão com que eu sofra muito. Eu serei morto e, no terceiro dia, serei ressuscitado. Então Pedro o levou para um lado e começou a repreendê-lo, dizendo: Que Deus não permita! Isso nunca vai acontecer com o Senhor! Jesus virou-se e disse a Pedro: Saia da minha frente, Satanás! Você é como uma pedra no meu caminho para fazer com que eu tropece, pois está pensando como um ser humano pensa e não como Deus pensa. E Jesus disse aos discípulos: Se alguém quer ser meu seguidor, esqueça os seus próprios interesses, esteja pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhe. Pois quem põe os seus próprios interesses em primeiro lugar nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo por minha causa terá a vida verdadeira. O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira? Pois não há nada que poderá pagar para ter de volta essa vida. Pois o Filho do Homem virá na glória do seu pai com os seus anjos e então recompensará cada um de acordo com o que fez. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: estão aqui algumas pessoas que não morrerão antes de verem o Filho do Homem vir como Rei. Mateus (16.21-28). SATANÁS. A inspiração satânica é mundana sempre procura conseguir a salvação sem cruz. Seguir a Jesus exige um novo rumo na vida, que precisa ser: 1) Espontâneo e voluntário: 2) Em direção a Jesus: 3) Com renuncia do eu-próprio: 4) Até a morte. JESUS PÕE A PROVA OS QUE QUERIAM SEGUI-LO. Jesus viu a multidão em volta dele e mandou os discípulos irem para o lado leste do lago. Um mestre da lei chegou perto dele e disse: Mestre, estou pronto a seguir o Senhor para qualquer lugar aonde o Senhor for! Jesus respondeu: As raposas têm as suas covas, e os pássaros, os seus ninhos. Mas o Filho do Homem não tem onde descansar. E outro que era seguidor de Jesus, disse: Senhor primeiro deixa que eu volte e sepulte o meu pai. Jesus respondeu: venha comigo e deixe que os mortos sepultem os seus mortos (Mt 8.18-22). SEGUE-ME. A prova de alguém ser discípulo de Cristo é o fato de segui-lo, procurando executar sua vontade (Mt 28.20).

Print Friendly and PDF