15 de outubro de 2016

A ALIANÇA É VIOLADA

Por quarenta anos, Jeremias proclama fielmente a condenação divina a rebelião de Judá, e este
trabalho é recompensado com oposição, surras, isolamento e prisão. Sua simpatia e sensibilidade fazem com que ele lamente a rebeldia e o destino  da nação. Ele deseja, constantemente, desistir de seu ofício profético por causa da dureza de sua mensagem e da recepção que ela obtém de Judá. Ele é chamado de profeta chorão, solitário, rejeitado e perseguido. No capitulo 11.1-17 Jeremias lembra ao povo de Judá a aliança que Deus havia feito com eles. Se eles cumprissem as palavras dessa aliança, Deus os abençoaria. O senhor Deus me disse: Preste atenção nas palavras desta aliança. Diga ao povo de Judá e aos moradores de Jerusalém que eu, o Senhor, o Deus de Israel, amaldiçoarei toda pessoa que não obedecer as palavras desta aliança. Esta é a minha aliança que fiz com os antepassados deles, quando os tirei do Egito, a terra que era para eles como uma fornalha acesa. Eu disse a eles o seguinte: "se me obedecerem e fizerem tudo o que eu mandar, vocês serão o meu povo, e eu serei o  Deus de vocês. Assim cumprirei a promessa que fiz aos seus antepassados, a promessa de lhes dar a terra boa e rica que agora é de vocês." Eu disse: É verdade, ó Senhor. Então Deus continuou: Vá até as cidades de Judá e pelas ruas de Jerusalém e anuncie ali esta minha mensagem. Diga apos Israelitas que escutem as palavras da aliança e que as cumpram. Quando tirei os antepassados deles do Egito, eu os avisei solenemente que obedecessem as minhas palavras e tenho continuado a avisar o povo até hoje. Mas eles não ouviram, nem obedeceram. pelo contrário, cada um continuou a ser teimoso e mau como sempre. Eu havia mandado que fossem fiéis a aliança, mas eles não quiseram obedecer. Por isso, eu os castigarei com todos os castigos que estão escritos na aliança. O Senhor Deus ainda me disse o seguinte: O povo de Judá e os moradores de Jerusalém estão se revoltando contra mim. Voltaram a cometer os mesmo pecados dos seus antepassados, que não quiseram fazer o que eu havia mandado, e andaram adorando outros deuses. O povo de Israel e o povo de Judá quebraram a aliança que eu fiz com os seus antepassados. Por isso, eu, o senhor, aviso que vou fazer cair uma desgraça sobre eles, e eles não escaparão. E, quando gritarem pedindo socorro, eu não escutarei. Ai o povo de Judá e os moradores de Jerusalém vão pedir socorro aos deuses a quem vivem oferecendo sacrifícios. mas, quando a desgraça chegar, esses deuses não poderão salvá-los. O povo de Judá tem tantos deuses quantas são as suas cidades; e, para oferecerem os vergonhosos sacrifícios ao deus Baal, os moradores de Jerusalém levantaram tantos altares quantas são as suas cidades. Jeremias, não ore a mim por este povo, nem me peça nada em favor dele. Quando eles estiverem em dificuldades e me pedirem socorro, eu não ouvirei. O Senhor disse também: O povo que eu amo está praticando o mal. Que direito eles têm de vir ao meu Templo? Será que estão pensando que podem afastar a desgraça, fazendo promessas e oferecendo sacrifícios de animais? E será que então vão ficar contentes? Uma vez, eu os chamei de oliveira verde, carregada de belas azeitonas. Mas, agora, com um estrondo de trovão, vou pôr fogo nas suas folhas e quebrar os seus ramos. Eu, o senhor Todo-Poderoso, plantei Israel e Judá; mas, agora, eu os estou ameaçando com um desastre. Eles mesmo fizeram cair sobre si esse desastre porque fizeram o mal e me provocaram oferecendo sacrifícios a Baal. Em sonhos Deus manda que eu leia este capitulo. O povo tem buscado somente os seus interesses, bens maratiais, não se pode mais pregar a verdade, se alguém se sentir-se prejudicado em vez de buscar a justiça de Deus, buscam a justiça do homem, Jesus disse buscai primeiro o reino do céu e a sua justiça e as demais coisas sará acrescentada. A casa de Deus é lugar de a gradecer e adorar.     
Print Friendly and PDF