18 de outubro de 2016

JESUS RESPONDEU AOS FARISEUS E SADUCEUS

Alguns saduceus, os quais afirmam que ninguém ressuscita, chegaram perto de Jesus e disseram:
Mestre, Moisés escreveu para nós a seguinte lei: "Se um homem morrer e deixar a esposa sem filhos, o irmão dele deve casar com a viúva, para terem filhos, o que serão considerados filhos do irmão que morreu." Acontece que havia sete irmãos. O mais velho casou e morreu sem deixar filhos. Então o segundo casou com a viúva, e depois o terceiro. E assim a mesma coisa aconteceu com os sete irmãos, isto é, todos morreram sem deixar filhos. Depois a mulher também morreu. Portanto, no dia da ressurreição, de qual dos sete a mulher vai ser esposa? Pois todos eles casaram com ela! Jesus respondeu: Nesta vida os homens e as mulheres casam. Mas as pessoas que morrem e alcançar a ressurreição e a vida futura não vão casar lá, pois serão como os anjos e não poderão morrer. Serão filhos de Deus porque ressuscitaram. E Moisés mostra claramente que os mortos serão ressuscitados. Quando fala do espinheiro que estava em fogo, ele escreve que o Senhor é "o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó." Isso mostra que Deus é Deus dos vivos e não dos mortos, pois para ele todos estão vivos. Aí alguns mestres da Lei disseram: Boa resposta, Mestre! E não tinham coragem de lhe fazer mais perguntas. Lucas capitulo 20.27-40. Ao contrário dos fariseus, os saduceus não acreditavam na ressurreição. Pedro e João ainda estavam falando ao povo quando chegaram alguns sacerdotes, o chefe da guarda do Templo e alguns saduceus. Eles ficaram muito aborrecidos porque os dois apóstolos estavam ensinando ao povo que Jesus havia ressuscitado e que isso prova que os mortos vão ressuscitar. Quando Paulo percebeu que alguns do Conselho eram do partido dos saduceus e outros do partido dos fariseus, disse bem alto: Meus irmãos, eu sou fariseu e filho de fariseus. Estou aqui sendo julgado porque creio que os mortos vão ressuscitar. Assim que ele disse isso, os fariseus e os saduceus começaram a discutir, e o Conselho se dividiu. É que os saduceus não creem que os mortos vão ressuscitar, nem que existem anjos ou espíritos; mas os fariseus creem nessas coisas. E assim a gritaria aumentou ainda mais. Então alguns mestres da Lei que pertenciam ao partido dos fariseus se levantaram e protestaram. Eles disseram: Não vemos nenhum mal neste homem. Pode ser mesmo que um anjo ou um espírito tenha falado com ele. A briga chegou a tal ponto, que o comandante ficou com medo de que Paulo fosse despedaçado por eles. por isso mandou os guardas descerem para tirar Paulo do meio deles e o levar de volta para a fortaleza. At 4.1-2; 23.6-10. A história que os saduceus contam a Jesus é pura invenção. Ela serviria como prova de que a ideia de ressuscitar e voltar a viver uma vida como a que temos aqui na terra é um absurdo. A resposta de Jesus mostra que eles não entendem o que quer dizer ressuscitar.  Eles citam Dt 25.5-6; Gn 38.8. A Lei de Moisés diz o que devia ser feito para o nome de um homem e de sua família fosse preservado neste mundo. Nada dizia, assim pensava os saduceus, sobre a ressurreição. Jesus mostra que eles estão errados.
Print Friendly and PDF