7 de dezembro de 2016

O SERMÃO PROFÉTICO

                                                       

O Senhor voltará de uma longa viagem e exigirá prestação de contas dos seus administradores. (Mateus capitulo 25.1-30). Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal (2 Co 5.10). Será um juízo de recompensa e se refere somente a Igreja arrebatada. Não envolverá a perdição eterna. O Senhor recompensará as obras que seus filhos realizaram por amor a ele (Hb 6.10; 10.32-34). Após um longo tempo, muito tempo passou-se desde que o Senhor foi assunto ao céu. Este longo tempo chegará ao fim, então haverá prestação de contas (Rm 14.12; 1 Co 3.12-16; Cl 3.24-25). O Senhor que prova, ele aparecerá inesperadamente. Os servos fiéis saudá-lo-ão com grande alegria, aqueles que muitas vezes fizeram o seu trabalho com lágrimas. Os servos infiéis, ao contrário, recebê-lo-ão com consciência pesada. O Senhor que recompensa. A recompensa é múltipla e consiste: Num elogio público (1 Co 4.5). Num grande galardão. Cada um recebe o dobro. Na comunhão honrosa, o juízo sobre os infiéis. A sua desculpa desonesta: O Senhor, sabendo que és... Isto não era verdade, porque ele teve somente pensamentos maus sobre seu Senhor e não conheceu o seu coração amoroso. Muitos se intitulam servos de Deus, mas não conhece o seu Senhor. Por quê? A má consciência o acusava. O Senhor o respondeu, seu talento foi tirado, seu destino foi horrível.

                                                         EXCLUÍDOS

Este é um final terrível: Eternamente excluído, eternamente fora! Excluídos de quê? Das alegrias da glória vindoura. Regozijemos-nos, e alegremos-nos, e damos-lhe glória, porque vindas são as boldas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou (Ap 19.7). Uma festa está preparada (Mt 22.2,4,8)Todos são convidados Mt 22.4). A porta está bem aberta (Mt 22.10; Jo 14.6). A porta é uma imagem do Senhos (Jo 10.9). A porta se fechou na hora da morte (Hb 9.27). A porta fechada é chocante (Gn 7.16). Existe outra porta: a da perdição eterna (Mt 7.13; Lc 16.23; Ap 22.14-15). O excluídos podem apenas acusar a si mesmo. Portanto, o que é necessário? Purificação! Prontidão! (1 Jo 3.3). Devemos estar prontos hoje (Hb 4.7).
                                                         
                                                                 E FECHOU-SE A PORTA

Uma porta oferece a oportunidade de entrar ou ficar fora. Jesus mesmo se denomina de. " A porta" (Jo 10.9). Esta porta está aberta para todos que quiserem entrar, assim como nos tempos de Noé a porta da arca se manteve aberta por muito tempo (Gn 7.1). O pecador deve entrar agora por esta porta porque: Do lado de fora há perdição: a ira de Deus (Jo 3.36). Dentro há perdão: o novo cântico (Ef 1.7; Sl 40.2). Dentro o pai espera com amor (Lc 15.20). Dentro acena a glória vindoura (Jo 17.24). Não há desculpas: todos ouviram o chamado (Hb 3.7). Todos ouviram Cristo batendo a porta do coração (Ap 3.20). Há duas portas abertas: por qual você entrará? (Mt 7.13-14).

Print Friendly and PDF