19 de maio de 2017

AS SETE IGREJAS

ficava na província da Ásia, região que hoje faz parte da Turquia.
Havia outras igrejas lá, como a igreja de Colossos, que não é mencionada. Nesta saudação aparecem figuras e imagens para falar sobre Deus, o Espirito Santo e Jesus Cristo. Nesta primeira visão, Cristo aparece como um ser celestial, um ser divino, vivo para todo sempre e com autoridade sobre a morte e sobre o mundo dos mortos. Cristo pede a João que escreva num livro todas as coisas que ele vai ver e que mande o livro as igrejas de sete cidades e província romana da Ásia. Éfeso era a capital da província da Ásia. Era uma bela cidade, a quarta maior do Império Romano. Ali, estava o templo da deusa Diana, uma das sete maravilhas do mundo antigo. A cidade de Esmirna, que hoje se chama Izmir, ficava junto ao mar Adriático, a uns 65 km ao norte de Éfeso. É possível que a igreja de Esmirna tenha sido fundada durante os dois anos e meio que Paulo passou  em Éfeso. Essa igreja, assim como a de Filadélfia não recebe nenhuma repreensão. Pérgamo era uma importante cidade da província romana da Ásia e um lugar que se destacava pelo culto ao Imperador romano. O primeiro templo em honra ao Imperador foi construído ali no ano 29 a.C. A cidade de Tiatira era famosa pelo seu comércio. Lídia era de Tiatira. Essa igreja se destaca por receber muitos elogios, ao mesmo tempo em que é severamente repreendida. A cidade de Sardes ficava a uns 80 km a nordeste de Éfeso. Tinha sido uma grande cidade, mas, no tempo em que o Apocalipse foi escrito, já estava em pleno declínio. Filadélfia era um importante centro comercial que ficava a uns 45 km a leste de Sardes. Essa igreja, como a de Esmirna recebe somente louvor e nenhuma censura. A cidade de Laodiceia era um importante centro industrial e comercial que ficava a uns 160 km a leste de Éfeso. Na carta que escreveu a igreja de Colossos, Paulo fala sobre a igreja de Laodiceia. Jesus Cristo não tem nenhuma palavra de louvor para os cristãos dessa igreja, somente palavra de censura. Mas isso não quer dizer que ele não os ama.

18 de abril de 2017

CORRIDA DO CRISTÃO


Ao falar sobre a vida cristã, Paulo gosta de usar imagens ou comparações tiradas da vida esportiva. Conquistar já foi conquistado, Paulo faz um jogo de palavras, mas diz algo muito importante. Na estrada de Damasco Paulo foi conquistado por Jesus Cristo e, agora, ele corre a fim de conquistar o premio. Antes do primeiro passo que o cristão dá nessa corrida da fé, o Senhor Jesus Cristo já conquistou essa pessoa, dando-lhe a nova vida. No entanto o cristão ainda precisa continuar a correr para conquistar o premio. Aqui, ele compara a vida cristã com uma corrida. Também previne os leitores contra pessoas que têm como deus os desejos do corpo ou as coisas que são deste mundo. Eles vão para a destruição no inferno porque o deus deles são os desejos do corpo. Eles têm orgulho daquilo que devia ser uma vergonha para eles e pensam somente nas coisas que são deste mundo Fl 3.12. Os cristãos são diferentes; eles são cidadãos do céu. Paulo continua dizendo para que sejamos os seus imitadores, não porque se julga perfeito, mas porque ele tem mais experiência na vida cristã, e os filipenses são, por assim dizer, discípulos dele, seus filhos e suas filhas na fé. Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês Fl 4.9.  

19 de março de 2017

A PEDRA VIVA


Os cristãos são pedras vivas, que Deus usa na construção de um templo espiritual, onde eles servirão
como sacerdotes. Os que não creem na mensagem do evangelho tropeçaram nessa pedra e cairão para a perdição, o apóstolo usa ainda outras expressões, para falar sobre o povo cristão. O apóstolo usa várias figuras para falar sobre Jesus Cristo e sobre o povo de Deus. Jesus é a pedra viva que foi rejeitada pelos
seres humanos, mas que Deus
escolheu como de grande valor 1 Pe 2.1-10.
Abandonem tudo o que é mau. Abandonem a velha natureza de vocês, que fazia com que vocês vivessem uma vida de pecados e que estava sendo destruída pelos seus desejos enganosos. Mas agora livrem-se de tudo isso: da raiva, da paixão e dos sentimentos de ódio. E que não saia da boca de vocês nenhum insulto e nenhuma conversa indecente. Não minta uns para os outros, pois vocês já deixaram de lado a natureza velha com os seus costumes. Deixem todo costume imoral e toda má conduta. Aceitem com humildade a mensagem que Deus planta no coração de vocês, a qual pode salva-los. Ef 4.22; Cl 3.8-9; Tg 1.21.
As Escrituras Sagradas. Procure descobrir, por vocês mesmo, como o Senhor Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele! Sl 34.8
A pedra viva que os seres humanos rejeitaram. A pedra que os construtores rejeitaram veio a ser a mais importante de todas Sl 118.22.
Trata-se de uma pedra grande que era colocada no ponto onde os alicerces de duas paredes se encontravam. Essa figura pode referir-se a Israel, um pais que os inimigos vizinhos consideravam fraco e sem valor; ou pode referir-se ao rei, que era desprezado pelos reis poderosos das nações daquele tempo. São citados no todo ou em parte. Jesus então perguntou:
Vocês não leram o que as Escrituras Sagradas dizem?
A pedra que os construtores rejeitaram veio a ser a mais importante de todas. Isso foi feito pelo Senhor e é uma coisa maravilhosa! Mt 21.42; Mc 12.10-11; Lc 20.17; At 4.11; 1 Pe 2.7.
A figura de linguagem da pedra escolhida por Deus veio a ser entendida como uma referência ao Messias. Eu serei um templo para abrigar vocês; serei também uma pedra e uma rocha que fará com que os povos de Judá e de Israel tropecem e caiam; serei uma armadilha e um laço para pegar os moradores de Jerusalém. Muitos tropeçarão, cairão e se despedaçarão; ficarão presos nessa armadilha. Por isso, o Senhor Deus diz:
Estou colocando em Sião uma pedra, uma pedra preciosa que eu escolhi, para ser a pedra principal do alicerce. Nela está escrito isto:
Quem tem fé não tem medo. Is 8.14-15; 28.16.
Diante de Zorobabel, altas montanhas vão virar campos planos. Ele vai trazer a pedra mais importante do templo, e o povo vai gritar: Que beleza! Que beleza! Zc 4.7.
Pedras vivas na construção de um templo espiritual.
Certamente vocês sabem que são o templo de Deus e que o Espírito de Deus vive em vocês. Assim se alguém destruir o templo de Deus, Deus destruirá essa pessoa. Pois o templo de Deus é Santo, e vocês são o seu templo. Ele mantém o edifício todo bem firme e faz com que cresça como um templo dedicado ao Senhor. Assim vocês também, unidos com Cristo, estão sendo construídos, junto com outros, para se tornarem uma casa onde Deus vive por meio do seu Espírito 1 Co 3.16-17; Ef 2.21-22.
Sacerdotes dedicado a Deus.
Vocês são um povo separado somente para mim e me servirão como sacerdotes. É isso o que você dirá aos israelitas. E vocês serão escolhidos como sacerdotes do Senhor, como servos do nosso Deus. As riquezas das outras nações serão de vocês, e vocês se orgulharão de serem donos dessa imensa fortuna. Mas vocês são a raça escolhida, os sacerdotes do Rei, a nação completamente dedicada a Deus, o povo que pertence a ele. Vocês foram escolhidos para anunciar os atos de Deus, que os chamou da escuridão para a sua maravilhosa luz. E fez de nós um reino de sacerdotes a fim de servimos ao seu Deus e Pai. A Jesus Cristo sejam dados a glória e o poder para todo o sempre! Amém! Tu fizeste com que essas pessoas fossem um reino de sacerdotes que servem ao nosso Deus; e elas governarão o mundo inteiro. Feliz e abençoadas as pessoas que foram incluídas nessa primeira ressurreição, pois a segunda morte não tem poder sobre elas! Serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele durante os mil anos Êx 19.6; Is 61.6; 1 Pe 2.9; Ap 1.6; 5.10; 20.6.        



6 de março de 2017

DENTRO OU FORA DA IGREJA


Eu sei o que vocês têm feito. Sei que trabalharam muito e aguentaram o sofrimento com paciência. Sei que vocês não podem suportar pessoas más e sei que puseram á prova os que dizem que são apóstolos, mas não são, e assim vocês descobriram que eles são mentirosos Ap 2.2. Pessoas más, os  nicolaítas um grupo de pessoas que, provavelmente, se dedicavam a idolatria e a imoralidade, assim também estão entre vocês alguns que seguem os ensinamentos dos nicolaítas. Mas tenho algumas coisas contra vocês: Há entre  vocês alguns que seguem o ensinamento de Balaão, que mostrou a Baleque como fazer com que o povo de Israel pecasse, dizendo que os israelitas deviam comer alimentos oferecidos aos ídolos e cometer imoralidades.Porém tenho contra vocês uma coisa: É que toleram Jezabel, aquela mulher que diz que é profetisa. Ela leva os meus servos para o mau caminho, ensinando-os a cometer imoralidade sexual e a comerem alimentos que foram oferecidos aos ídolos v.15; vs. 14,20.  Balaão...Baleque...O Povo de Israel. Baleque, o rei de Moabe, na sua luta contra os israelitas, pediu que Balaão amaldiçoasse o povo de Israel.  Nm 22--24; 16.31; Dt 23.4.  Andam perdidos porque se desviam do caminho certo. Seguem o caminho de Balaão filho de Beor, que cobiçou o dinheiro que ia receber fazendo o mal, e foi repreendido por causa do seu pecado. Pois uma jumenta falou com voz humana e acabou com a loucuras do profeta 2 Pe 2.15-16. Ai deles! Seguem o mesmo caminho de Caim. Por causa de dinheiro, eles se entregam ao mesmo erro de Balaão. E, como Corá se revoltou e foi destruído, eles também se revoltam e serão destruídos Jd 11.
AGUENTARAM O SOFRIMENTO
Eu sou João, irmão de vocês; e, unido com Jesus, tomo parte com vocês no Reino e também em aguentar o sofrimento com paciência. Eu estava na ilha de Patimos, para onde havia sido levado por ter anunciado a mensagem de Deus e a verdade que Jesus revelou Ap 1.9.João Irmão de vocês. Portanto, lembrem do que aprenderam e ouviram. Obedeçam e se arrependam. Se não acordarem, eu os atacarei de surpresa, como um ladrão, e vocês não ficaram sabendo nem mesmo a hora da minha vinda Ap 3.3. Aguentar o sofrimento com paciência. João e os cristãos a quem ele  escreve estão sendo perseguidos porque são seguidores de Cristo. Isso exige que o povo de Deus aguente o sofrimento com paciência. Esse povo são aqueles que obedecem aos mandamentos de Deus e são fiéis a Jesus Ap 14.12.    
Eu sei o que vocês estão sofrendo. Sei que são pobres, mas, de fato, são ricos. Sei como aqueles que afirmam que são judeus, mas não são, falam mal de vocês. Eles são um grupo que pertence a Satanás Ap 2.9.  
Ee sei que vocês moram aí onde está o trono de Satanás. Vocês são fiéis e não abandonaram a fé que têm em mim, até mesmo quando Antipas, minha testemunha fiel, foi morto aí em Pérgamo, onde Satanás mora Ap 2.13.
Eu sei que vocês estão fazendo. Sei que têm amor, são fiéis, trabalham e aguentam o sofrimento com paciência. Eu sei que vocês estão fazendo mais agora do que no princípio Ap 2.19.



28 de fevereiro de 2017

RESPEITEM A DEUS



Portanto, respeitem a Deus e tenham cuidado com que vão fazer, pois o Senhor, nosso Deus, não tolera os que cometem injustiça, nem os que usam dois pesos e duas medidas nos julgamentos, nem os que aceitam dinheiro para torcer a justiça 2 Cr 19.7. RESPEITEM A DEUS. Para ser sábio, é primeiro temer a Deus, o Senhor. Os tolos desprezam a sabedoria e não querem aprender Pv 1.7. DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS. Naquela mesma ocasião dai a seguinte ordem aos Juízes: "Julguem todas as causas com justiças, seja entre dois israelitas, seja entre um israelitas e um estrangeiro que vive no meio do povo. Sejam honestos e justos nas suas decisões. Tratem todos de modo igual, tanto os humildes como os poderosos. Não tenham medo de ninguém, pois a sentença que vocês derem virá de Deus. Se algum caso for muito difícil para vocês, tragam para mim, que eu o julgarei Dt 1.16-17. DINHEIRO PARA TORCER A JUSTIÇA. Pois o Senhor, nosso Deus, está acima de todos os deuses e autoridades. Ele é grande, poderoso e causa medo. Ele trata a todos igualmente e não aceita presentes para torcer a justiça. Nas cidades que o Senhor, nosso Deus, lhes der, vocês devem escolher um juízes e outras autoridades para cada tribo. Eles julgarão todas com justiça e honestidade. Não serão injustos nas suas sentenças; tratarão todos igualmente e não aceitarão suborno. O suborno faz com que homens sábios e honestos fiquem cegos e deem sentenças injustas. Dt 10.17; 16.18-19. OS ESTRANGEIROS QUE VIVE NO MEIO DO POVO. Os estrangeiros que viviam no meio do povo de Israel tinham certos direitos e privilégios Êx 12.49; Lv 17.54; 24.19,22; Nm 15.27-31; Dt 27.19; Ez 47.22-23, mas também estavam sujeitos a certas restrições Êx 12.45; Lv 22.10; 25.45-46. Os próprios israelitas tinham vivido em terra estrangeiras e, por isso, deviam tratar com especial carinho os estrangeiros que moravam com eles Êx 22.21; 23.9; Lv 19.10; 25.35; Dt 10.18-19; 24.17-22; e especialmente Lv 19.33-34. E hoje nós não tratamos nem os que estão entre nos, quanto mais os que vem de fora nos visitar, porque esta faltando amor, união, companheirismo entre o povo de Deus, é cada um por si, só querem ouvir o que lhes agradam. Não aceitam a verdade porque a verdade doí.

21 de fevereiro de 2017

MINHA TRISTEZA

A Tristeza de Jeremias por causa do povo.
A minha tristeza não pode ser curada; o meu coração está doente. Escutem! Estou ouvindo o meu povo gritar no pais inteiro. Eles gritam: "Será que o SENHOR DEUS não está mais em Sião? O Rei de Sião não está mais lá?" E o SENHOR, o Rei deles, responde: "Por que é que vocês me irritam com os seus ídolos e com os seus deuses estrangeiros, que não valem nada. Então o povo grita:"Acabou o verão, passou o tempo da colheita, mas nós não fomos salvos." Jr 8.18-20.  Sega durava de abril a junho . Verão o período da colheita dos frutos de verão, de junho até setembro. Se a sega falhava, o povo ainda podia esperar pela estação dos frutos, mas, se os frutos também falhassem , a fome se tornava inevitável. O povo , no exílio, queixava-se amargamente de que Jeová se esquecera deles  A minha tristeza não pode ser curada. O texto hebraico, que não é claro, também poderia ser traduzido assim: Na minha tristeza, eu gostaria de ser consolado. O profeta sofre junto com o seu povo. Que dor! Não posso suportar tanta dor! Ah! meu coração! O meu coração está batendo forte! Não posso ficar calado, pois ouvi a corneta e os gritos de guerra Jr 4.19. A destruição de Jerusalém é tão certa, que Deus pede que já contratem mulheres que são pagas para chorar. O povo de Judá tinha o sinal da aliança, a circuncisão, mas não guardava a aliança. Por isso, em nada era diferente dos povos pagãos, que também praticavam a circuncisão...Edom...Amom....Moabe Edom ficava ao sul do Mar Morto, Moabe a leste, Amom ficava ao norte de Moabe, costumam cortar o cabelo bem curto isso era parte da adoração aos deuses pagãos. A Lei de Moisés proibia Lv 19.27. Ao que parece, aqui se proíbem práticas que eram comuns entre os povos pagãos. Moisés disse ao povo: Vocês são filhos do SENHOR. Portanto, quando chorarem a morte de alguém, não se cortem, nem raspem a cabeça, como os outros povos fazem Dt 14.1. O oitavo capitulo nos ensina que converter-nos e buscar a Deus é nosso culto racional, a única maneira de viver digna de um ser humano. É tão natural como um homem que tropeçou levantar-se, como um viajante se conserva perto da estrada, como um simples pássaro migrar segundo as estações vs. 1-7. É tão lógico que só um falso pastor, um teólogo inimigo da palavra de Deus v.8 poderia persuadir ao povo de que a paz com Deus se obtém superficialmente v.11, sem a plenitude da conversão. O desespero. A escravidão é cruel, mas muito pior é a amargura com que o povo encara o sofrimento, é este estado mental que priva muitas pessoas do consolo das promessas de Deus. Os escolhidos rejeitaram a palavra que diz. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam Jo 1.11. 

11 de fevereiro de 2017

OS MESTRES E FARISEUS

Depois todos foram para casa, mas Jesus foi para o monte da Oliveiras. De madrugada ele voltou ao pátio
do templo, e o povo se reuniu em volta dele. Jesus estava sentado, ensinando a todos. Aí alguns mestres da Lei e fariseus levaram a Jesus uma mulher que tinha sido apanhada em adultério e a obrigaram a ficar de pé no meio de todos. Eles disseram: Mestre, esta mulher foi apanhada no ato de adúltero. De acordo com a Lei de Moisés nos deu, as mulheres adúlteras devem ser mortas a pedradas. Mas o Senhor, o que é que diz sobre isso? Eles fizeram essa pergunta para conseguir uma prova contra Jesus, pois queriam acusá-lo. Mas ele se abaixou e começou a escrever no chão com o dedo. Como eles continuaram a fazer a mesmo pergunta, Jesus endireitou o corpo e disse a eles: Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher Jo 8.1-7...MESTRES DA LEI. Homens que ensinavam e explicavam as Escrituras hebraicas, espacialmente os cinco primeiros livros. Esta é a única vez que mestres da Lei aparecem no Evangelho de João; nos outros Evangelhos eles aparecem frequentemente junto com os fariseus....A LEI QUE MOISÉS NOS DEU. A Lei mandava que tanto a mulher como o homem apanhados em adúltero fossem mortos Lv 20.10; Dt 22.22-24. CONSEGUIR UMA PROVA CONTRA JESUS...Ficava difícil para Jesus dar uma resposta definitivo, se dissesse para deixarem a mulher em paz, iria contra a Lei de Moisés. Se concordasse que a mulher deveria ser morta, iria contra os romanos, que eram os únicos que podiam executar uma pessoa. Pilatos disse: Levem este homem e o julguem vocês mesmos, de acordo com a lei de vocês Jo 18.31. Jesus já tinha sido condenado por eles há mais tempo Jo 11.47-53. Só que as autoridades romanas não permitiam que os judeus mandassem matar pessoas condenadas a morte. Esse era um privilégio apenas de cidades livres dentro do Império Romano. COMEÇOU A ESCREVER NO CHÃO...É a única vez que se diz, nos Evangelhos, que Jesus escreveu. Não se sabe o que ele escreveu. A mulher era uma vitima dos mestres da Lei e dos fariseus, mas interessados em acusar Jesus do que em aplicar a Lei de Moisés. A resposta de Jesus é genial. Não impede que se joguem as pedras que a Lei de Moisés exigia, mas, ao mesmo tempo, mostra que aqueles que querem jogar pedras são tão pecadores quantos a mulher apanhada em adúltero. Não julguem os outros para vocês não serem julgados por Deus Mt 7.1. Jesus tem as qualificações e a autoridade para dizer isso. Qual de vocês pode provar que eu tenho algum pecado? Se digo a verdade, por que não creem em mim v.46. Jesus continuou a falar a eles. Ele disse: Eu não posso fazer nada por minha própria conta, mas julgo de acordo com o que o Pai me diz. O meu julgamento é justo porque não procuro fazer a minha própria vontade, mas a vontade daquele que me enviou cap 5.30. Estas palavras mostram que Jesus leva o pecado a sério. Mas tarde Jesus encontrou o homem no pátio do Templo e disse a ele: Escute Você agora está curado. Não peque mais, para que não aconteça com você uma coisa ainda pior Jo 5.14.

9 de fevereiro de 2017

A CHAVE QUE ABRE

Pois quero que saibam o quanto eu tenho trabalhado por vocês, e pelos que moram em Laodiceia, e
por muitos outros que não me conhecem pessoalmente. Eu trabalho para que o coração deles se encha de coragem e eles sejam unidos em amor e assim fiquem completamente enriquecidos com a segurança que é dada pela verdadeira compreensão do segredo de Deus. Esse segredo é Cristo, o qual é a chave que abre todos os tesouros escondidos do conhecimento e da sabedoria que vêm de Deus. Eu posso afirmar que ele tem trabalhado muito em favor de vocês e pela gente de Laodiceia e de Hierápolis. Que me disse: Escreve num livro o que você vai ver e mende esse livro as igreja que estão nestas sete cidades: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodiceia. Ao anjo da igreja de Laodiceia escreva o seguinte: Esta é a mensagem do Amém, da testemunha fiel e verdadeira, daquele por meio de quem Deus criou todas as coisas Cl 2.1-3; 4.13; Ap 1.11; 3.14. Laodiceia. Uma das cidades mais ricas da Asia Menor, que orgulhosamente recusou a ajuda de Roma quando foi destruída por um terremoto em 60 d.C. Distava 160 km de Éfeso, e 80 km de Filadélfia, no encontro de três estradas importante. O principal da criação de Deus. Princípio significa, aqui, fonte, origem, descrevendo assim a Cristo, tanto na sua atuação na criação original Jo 1.1-4;  Cl 1.15-18, como na sua obra ao suscitar a Nova Criação 2 Co 5.17. Vomitar-te. Perto de Laodiceia havia fontes de água mineral morna e emética, que o viajante sedento rejeitaria com nojo. Este é o desgosto que Cristo sente para com uma igreja espiritualmente morna. Qualquer outra condição espiritual seria mais promissora. Estou rico. A igreja local da cidade rica já abraçará a acomodada atitude prevalecente da soberba das riquezas materiais produzem uma conformidade fatal com os padrões morais mundanos. Eles dizem: "É verdade que somos ricos, mas ninguém pode nos acusar de termos ajuntado a nossa riqueza por meios desonesto. Dá fartura aos que têm fome e manda os ricos embora com as mãos vazias Os 8.12; Lc 1.53. Ouro refinado pelo fogo. Simboliza a verdadeira riqueza celestial, sem mácula nem tristezas Mt 6.19-20; Lc 12.21. Uma mensagem para mostrar a atitude de Cristo ao encarar os jactanciosos de Laodiceia: Seu centro bancário, seu colírio, sua lã preta não servirão para dar a riqueza, visão e decência espirituais. Estes eram os produtos locais. Estou a porta . O contexto não sugere uma referência a segunda vinda e o banquete messiânico; são boas vindas a vivência de Cristo no seu meio. Seu culto, portanto, era uma fraude vazia. Se qualquer individuo, porém, quer abrir a porta do seu intimo e ouvir a chamada de Cristo, então Cristo entrará para dirigir sua vida e lhe oferecer sua convivência. Assim fica claro que é Cristo quem salva, não a sua igreja; mostra que uma igreja pode existir como casca, mantendo seu culto formal, todavia faltando o coração que é a comunhão do Senhor    

6 de fevereiro de 2017

LAMPARINA

Os homens corretos são como uma luz brilhante, porém os maus são como vela que esta se apagando Pv 13.9. A luz é símbolo de vida. A estrela em que caminham as pessoas direitas é como a luz da aurora, que brilha cada vez mais até ser dia claro Pv 4.18. Vela apagando. Se você amaldiçoa os seus pais, a sua vida terminará como uma lâmpada que se apaga na escuridão. Os pecadores não têm futuro; eles são como uma luz que está se apagando. A vida do perverso se acabará como a luz que se apaga, como as chamas do fogo que deixa de queimar. A lamparina da sua casa não brilhará mais; em vez de luz, haverá escuridão Pv 20.20; 24.20; Jó 18.4-5. Lamparina. Num tempo em que não se conhecia a luz elétrica, a lamparina era a fonte de luz a noite nas barracas e nas casas. A lamparina usada pelos israelitas era feita de barro e tinha a forma de uma concha, na qual de um lado ficava o reservatório de azeite. Do outro lado, os bordos da concha se encontravam, deixando um orifício para a passagem do povo. Aqui em Jó 18.6, a luz da lamparina é símbolo da vida. Em outras passagens, a figura da luz se aplica a Deus. O Senhor Deus é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O Senhor me livra de todo perigo; não ficarei com medo de ninguém. A tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho. Assim temos mais confiança ainda na mensagem anunciada pelos profetas. Vocês fazem bem em prestar atenção nessa mensagem. Pois ela é como uma luz que brilha em lugar escuro, até que o dia amanheça e a luz da estrela da manhã brilha no coração de vocês. Sl 27.1; 119.105; 2 Pe 1.19. A influencia espiritual das pessoas. Os olhos são como uma luz para o corpo; quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz Mt 6.22. Escuridão. Antes que me vá na viagem que não tem volta, antes que vá para o pais da escuridão e das trevas Jó 10.21. Viagem que não tem volta. Como a nuvem que passa e some,  assim é aquele que desce ao mundo dos mortos nunca tem volta; ele não volta para casa; ninguém lembra mais dele Jó 7.9-10. Pais da desordem. O mundo dos mortos. Ele não tem esperança de escapar da escuridão da morte, pois um punhal está pronto para matá-lo. A minha casa será o mundo dos mortos, onde vou me deitar e dormir na escuridão. Ele será expulso do mundo dos vivos e da luz será jogado na escuridão Jó 15.22; 17.13; 18.18. desordem. Na sua primeira queixa cap.3. Jó havia falado sobre o mundo dos mortos como um lugar de descanso. Aqui, Jó menciona a confusão que reina ali. Tudo que ele pode é um pouco de alegria antes de ir para lá. Se eu tivesse morrido naquele momento, agora estaria dormindo, descansando em paz. Na sepultura acaba a agitação dos maus, e ali repousam os que estão cansados. O céu não é limite para Deus, mas você não pode chegar até lá; Deus conhece o mundo dos mortos, mas você não conhece Jó 3.13,17; 11.8.
Print Friendly and PDF

1 de fevereiro de 2017

DEUS CORRIJE OS QUE AMA




A cidade de Laodíceia era um importante centro industrial e comercial que ficava uns 160 km a leste de Éfeso. Na carta que escreveu a igreja de Colossenses Paulo fala sobre a igreja de Laodiceia, Jesus Cristo não tem nenhuma palavra de louvor para os cristãos dessa igreja, somente palavras de censura. Mas isso não quer dizer que ele não os ame. Eu corrijo e castigo todos os que amo. Portanto, levem as coisas a sério e se arrependam. Escutem! eu estou a porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa, e nós jantaremos juntos. Aos que conseguirem a vitória eu darei o direito de se sentarem ao lado do meu trono, assim como eu consegui a vitória e agora estou sentado ao lado do trono do meu pai Ap 3.19-21. Castigo todos os que amo. Porque o Senhor corrige quem ele ama, assim como o pai corrige o filho a quem ele quer bem. Mas somos julgados e castigados pelo o Senhor, para não sermos condenados junto com o mundo. Pois o Senhor corrige quem ele ama e castiga quem ele aceita como filho Pv 3.12; 1 Co 11.32; Hb 12.6. Nós jantaremos juntos. É uma referencia ao banquete messiânico, quando Deus e todo o seu povo estarão juntos. E digo a vocês que muita gente vai chegar do Leste e do Oeste e se sentar a mesa no Reino do Céu com Abraão, Isaque e Jacó. Um dos que estavam a mesa ouviu isso e disse para Jesus: Felizes os que irão sentar-se a mesa no Reino de Deus. O pobre morreu e foi levado pelos anjos para junto de Abraão, na festa do Céu. O rico também morreu e foi sepultado. Pois eu digo a vocês que nunca comerei este jantar até que eu coma o verdadeiro jantar que haverá no Reino de Deus. Jesus respondeu: A pessoa que me ama obedecerá a minha mensagem, e o meu pai a amará. E o meu pai e eu viremos viver com ela Mt 8.11; Lc 14.15; 16.22; 22.16; Jo 14.23.  é também possível que seja uma referencia a Ceia do Senhor. Eu afirmo a vocês que nunca mais beberei deste vinho até o dia em que beber com vocês um vinho novo no Reino do meu pai Mt 26.29. Conseguirem a vitória. Aqueles que conseguirem a vitória receberão de mim este presente; eu serei o Deus deles, e eles serão meus filhos Ap 21.7. O direito de se sentarem ao lado do meu trono. Em seguida vi alguns tronos, e os que estavam sentados neles receberam o poder de julgar. Vi também as almas das pessoas que tinham sido degoladas porque haviam anunciado a mensagem de Deus e a verdade que Jesus revelou. Elas não tinham adorado o monstro nem a imagem, nem tinham recebido o seu sinal na testa ou na mão. Essas pessoas tornaram a viver e reinaram com Cristo durante os mil anos. Os outros mortos não tornaram a viver até que os mil anos terminaram. Esta é a primeira ressurreição. Jesus respondeu: Eu afirmo a vocês que isso é verdade; quando chegar o tempo em que Deus vai renovar tudo e o Filho do Homem se sentar no seu trono glorioso, vocês, os meus discípulos, também vão sentar-se em doze tronos para julgar as doze tribos do povo de Israel. Será que vocês não sabem que o povo de Deus julgará o mundo? Então, se vocês vão julgar o mundo, será que não são capazes de julgar essas coisas pequenas? Este ensinamento é verdadeiro: “Se já morremos com Cristo, também viveremos com ele. Se continuarmos a suportar o sofrimento com paciência, também reinaremos com Cristo. Se nós o negarmos, ele também nos negará. Ap 20.4-5; Mt 19.28; 1 Co 6.2; 2 Tm 2.11-12. Estou sentado ao lado do trono do meu pai. O Senhor Deus disse ao meu Senhor, o rei: ” Sente-se do meu lado direito, até que eu ponha os seus inimigos debaixo dos seus pés.” Jesus respondeu: Sou. E vocês verão o Filho do Homem sentado do lado direito de Deus Todo Poderoso e descendo com as nuvens do céu! Sl 110.1;  Mc 14.62.
Print Friendly and PDF

31 de janeiro de 2017

AS LEIS DE DEUS


Deus acusa os sacerdotes e os profetas de Israel. Eles era encarregados de instruir o povo, mas haviam virado as costas para Deus. Os 4.6-8 o meu povo não quer saber de mim e por isso está sendo destruído. vocês, sacerdotes, também não querem saber de mim e esqueceram as minhas leis; portanto, eu não os aceito mais como meus sacerdotes, nem aceitarei os seus filhos como meus sacerdotes. Quanto maior é o número de sacerdotes, maior também é o número de pecados que cometem; por isso vou fazer a glória deles virar desgraça. Eles ganham a vida a custa dos pecados do povo e por causa disso querem que o povo peque  Esqueceram as minhas leis, alem de oferecer sacrifícios, os sacerdotes tinham a responsabilidade de instruir o povo a respeito da Lei de Moisés. Eles ensinarão todas as tuas leis ao povo, queimarão incesso na tua presença e no teu altar oferecerão sacrifícios. Ensinavam sempre o que era direito e nunca o que era errado. Viviam em paz comigo, faziam o que é certo e ajudaram muitos a deixarem o caminho da maldade. Os sacerdotes devem ensinar a verdade a meu respeito, e todos devem pedir conselho a eles para saber o que é direito, pois os sacerdotes são os mensageiros do Senhor Todo-Poderoso. Mas agora vocês, sacerdotes, estão saindo do caminho certo, e os seus ensinamentos já fizeram muitas pessoas pecarem. vocês estão quebrando a aliança que fiz com os sacerdotes  Dt 33.10 ;Ml 2.6-8. Os sacerdotes tinham uma responsabilidade de ensinar aos israelitas todas as leis que eu o Senhor dei a eles por meio de Moisés. Mas eles ganham a vida a custa dos pecados do povo, a carne do animal oferecido em sacrifício para tirar pecados Lv 6.24-30, e para tirar culpa Lv 7.1-10, ficava com os sacerdotes Lv 6.29; 7.7. Quanto mais o povo pecasse, maior seria o beneficio deles. Hoje tem muitos pastores usando os benefícios da obra de Deus em benefícios próprios. Lei termo usado em vários sentidos, sendo que o sentido exato em cada passagem precisa ser buscada no contexto. O termo é usado para qualquer "lei" de um grupo, religioso ou não. Então Moisés, em voz alta, pediu socorro a Deus, o Senhor, e o Senhor lhe mostrou um pedaço de madeira. Moisés jogou a madeira na água, e a água ficou boa de beber. Portanto, se for da sua vontade, ó rei, assine um decreto proibindo a rainha Vasti de aparecer na presença do senhor. E mande escrever isso nos livros das leis da Pérsia e da Média, para que nunca possa ser anulada. Depois arranje uma mulher que seja melhor do que Vasti, para ser rainha no lugar dela. Mas, como é só uma questão de palavras, de nomes e da própria lei de vocês, resolvam vocês mesmo. Eu não vou ser juiz nesses assuntos. Êx 15.25; Et 1.19; At 18.15. O termo também significa uma regra, um princípio ou uma norma Rm 7.23. Com muita frequência, o termo é usado para designar o conjunto dos primeiros cinco livros do AT, o Pentateuco Gl 4.21.Neste sentido, o termo geralmente aparece com inicial maiúscula. Várias vezes, outras expressões são usadas como este mesmo sentido, como "Lei de Moisés" Mt 5.17-18, "Lei do Senhor" Lc 2.23, "Livro da Lei" Jo 1.45, "Livro de Moisés" Mc 12.26. As vezes, este sentido engloba mais do que o Pentateuco, mesmo todo o AT Jo 12.34. Em outro uso, "Lei" se refere a mandamentos, preceitos e regras da Aliança do Sinai, dados a Israel por intermédio de Moisés Rm 3.19-20; Gl 3.17-21. Em outros contextos, "Lei" pode até designar uma instrução geral ou toda a revelação de Deus Sl 1.2; 2Cr 17.9.

30 de janeiro de 2017

O DIA DO JUÍZO FINAL

VOCÊ ESTA PREPARADO PARA ESTE DIA DO JUÍZO FINAL


Porém o Dia do Senhor chegará como um ladrão. Naquele dia os céus vão desaparecer com um barulho espantoso, e tudo o que há no  Universo será queimado. A terra e tudo o que existe nela vão sumir. Sabendo que tudo isso vai ser destruído assim, então que tipo de gente vocês precisam ser? A vida de vocês deve ser agradável a Deus e dedicada a ele. Esperem a vinda do Dia de Deus e façam o possível para que venha logo. Naquele dia os céus serão destruídos com fogo, e tudo o que há no Universo ficará derretido 2 Pe 3.10-12. Os céus vão desaparecer. O sol,  a lua e as estrelas serão destruídos, o céu se enrolará como a página de um livro. Todas as estrelas cairão do céu, como caem as folhas da parreira ou da figueira. As estrelas cairão do céu, e os poderes do espaço serão abalados. Em todo mundo muitas pessoas desmaiarão de terror ao pensarem no que vai acontecer, pois os poderes  do espaço serão abalados. As estrelas caíram do céu sobre a terra, como os figos verdes caem da figueira sacudida  por um vento forte. O céu desapareceu como um rolo de papel que se enrola de novo, e todos os montes e ilhas foram tirados dos seus lugares Is 34.4; Mc 13.25; Lc 21.26; Ap 6.13-14. Que tipo de gente vocês precisam ser? Não gente que vive com medo daquele dia, em que "os céus vão desaparecer com um barulho espantoso, mas gente que vive uma vida agradável a Deus e dedicada a ele. Por isso, meus amigos, enquanto vocês esperam aquele dia, façam possível para estar em paz com Deus, sem mancha e sem culpa diante dele 2 Pe 3.14. Essa graça nos ensina a abandonarmos a descrença e as paixões mundanas e a vivermos neste mundo uma vida prudente, correta e dedicada a Deus, enquanto ficarmos esperando o dia feliz em que aparecerá a glória do nosso grande Deus e salvador Jesus Cristo. Mas nós somos cidadãos do céu e estamos esperando ansiosamente o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que virá de lá Tt 2.12-13; Fp 3.20. Cidadãos do céu. 

VIDA IMORAL



No passado apareceram falsos profetas no meio do povo, e assim também vão aparecer falsos mestres entre vocês. Eles ensinarão doutrinas destruidoras  falsas e rejeitarão o Mestre  os salvou. E isso fará com que caía sobre eles uma rápida destruição. Mesmo assim, muita gente vai imitar a vida imoral deles, e por causa desses falsos mestres muitas pessoas vão falar mal do Caminho da verdade. Em sua ambição pelo dinheiro, esses falsos mestres vão explorar vocês, contando histórias inventadas. Mas faz muito tempo que o juiz está alerta, e o destruidor deles está bem acordado. Pois Deus não deixou escapar os anjos que pecaram, mas os jogou no inferno e os deixou presos com correntes na escuridão, esperando o Dia do julgamento. Deus não deixou escapar o mundo antigo, mas trouxe o dilúvio sobre o mundo dos que queriam saber de Deus. A única pessoa que ele salvou foi Noé, que anunciou que todos deviam obedecer a Deus também salvou mais outras sete pessoas 2 Pe 2.1-5. O apóstolo denuncia os falsos mestres que vão aparecer entre o povo cristão, são pessoas que, depois de conhecer o caminho certo se desviam do caminho e rejeitam o Mestre que os salvou. Esses falsos mestres não somente vão espalhar doutrinas falsas, mas também viver uma vida imoral, procurando levar os cristãos pelo mesmo caminho. Sua ambição pelo dinheiro. Ai deles! Seguem o mesmo caminho de Caim, por causa de dinheiro, eles se entregam ao mesmo erro de Balaão. E, como Corá se revoltou e foi destruído, eles também se revoltam e serão destruídos. Esses homens estão sempre resmungando e acusando os outros. Eles seguem os seus próprios maus desejos, vivem se gabando e bajulam os outros porque são interesseiros Jd 11,16.  não O juiz… o destruidor deles. Deus não quer que ninguém seja destruído, mas ele julgará e destruirá aqueles que não se arrependem de seus pecados. O Senhor não demora a fazer o que prometeu, como alguns pensam. Pelo contrário, ele tem paciência com vocês porque não quer que ninguém seja destruído, mas deseja que todos se arrependam dos seus pecados Pe 3.9. Paciência. Mas tu, Senhor, és Deus de compaixão e de amor és sempre paciente, bondoso e fiel. Ou será que você despreza a grande bondade, a tolerância e a paciência de Deus? Você sabe muito bem que ele é bom e que quer fazer com que você mude de vida Sl 86.15; Rm 2.4. Falsos profetas. É alguém que explique sonhos. Se aparecer no meio de vocês um profeta ou alguém que explique sonhos, dizendo que vai acontecer um milagre ou outra coisa espantosa, e, se acontecer aquilo que ele disse, então ele vai procurar levá-los a adorar e servir deuses que vocês não conheciam. Mas não deem atenção a esse profeta ou a essa pessoa que explica sonhos. Pois é assim que o Senhor, nosso Deus, vai por vocês a prova, para ver se, de fato, o amam com todo o coração e com toda a alma. Sigam as leis do Senhor, nosso Deus; temam a Deus, obedeçam aos seus mandamentos e deem atenção a tudo o que ele diz. Adorem somente a Deus e fiquem ligados com ele. E o profeta ou o explicador de sonhos que procurou levá-los a se revoltarem contra Deus será morto. Pois ele procurou desviá-los do caminho indicado pelo o Senhor, o Deus que livrou vocês do Egito, onde eram escravos. Matem esse falso profeta e assim tirarão o mal do meio do povo. Sonhos eram uma maneira que Deus usava para revelar a sua vontade. Mas era necessário que houvesse alguém que pudesse explicar o que o sonho queria dizer, como se pode ver em Gn 40.1–41.36; Jz 7.13-14; Dn 2.1-45; 4.1-33. Revelar a sua vontade. Deus disse: Agora escutem o que vou dizer. Quando há profetas entre vocês, eu apareço a eles em visões e falo com eles em sonhos. Enquanto José estava pensando nisso, um anjo do Senhor apareceu a ele num sonho e disse: José, descendente de Davi, não tenha medo de receber Maria como sua esposa, pois ela esta grávida do Espirito Santo. E num sonho Deus os avisou que não voltassem para falar com Herodes. Por isso voltaram para a sua terra por outro caminho. Depois que os visitantes foram embora, um anjo do Senhor apareceu num sonho a José e disse: Levante-se, pegue a criança e a sua mãe e fuja para o Egito. Fiquem lá até eu avisar, pois Herodes está procurando a criança para matá-la. Depois que Herodes morreu, um anjo do senhor apareceu num sonho a José, no Egito, e disse: Levante-se, pegue a criança e a sua mãe e volte para a terra de Israel, pois as pessoas que queriam matar o menino já morreram. Então José se levantou, pegou a criança e a sua mãe e voltou para a terra de Israel Nm 12.6; Mt 1.20; 2.12-13,19-21.

16 de janeiro de 2017

FIGUEIRA

                                                                                                    FIGUEIRA SIMBOLO DE FÉ

Figos produz duas safras anualmente, os primeiros figos temporã é aquilo que vem antes do tempo próprio prematuro. Mas, evoluindo semanticamente, passou a agregar também o sentido do adjetivo serôdio, ou seja,tardio. Assim, hoje significa "aquilo que vem quando não mais espera" ou aquilo que vem fora de tempo, quer antes, quer depois do tempo apropriado. Figos que amadurecem em junho ou no começo de julho Is 28.4; Jr 24.2; Os 9.10. Por volta de fevereiro os primeiros botões surgem nos ramos, as folhas só aparecem no fim de abril ou no fim de maio Mt 24.32; Ct 2.13. Na época em que a árvore esta coberta de folhas também deveria ter frutos. Visto que era o dia 10 nisã o ano 33 a sua aparência dava motivo. Os figos era usado como remédio e uma fonte básica de alimentos nos tempos bíblicos. Mc 11.12-14 indica que Jesus sé chegou a figueira pensando em figos embora não fosse a estação dos figos, quer dizer a época, para a colheita dos figos. Ter a árvore somente folhas mostrava que não ia produzir nenhuma safra, portanto era enganosa na sua aparência. Jesus amaldiçoou-a como improdutiva, fazendo-a secar-se Mt 7.19; 21.43; Lc 13.6-9. Israel é comparada por duas especia de figos Jr 24.1-10  Em 597 a.C., Nabucodonosor levou muitos prisioneiros de Jerusalém para a Babilônia 2 Rs 24.10-16;  2 Cr 36.10. Os que ficaram em Jerusalém olhavam com desprezo para aqueles que tinham sido levados embora, pensando que eram como figos muito ruins, ruins demais para serem comidos v.2. Deus inverte as coisas, dizendo que os figos bons são os israelitas que foram levados para a Babilônia v.5; 29.4-14 e que os ruins são aqueles que ficaram em Jerusalém v.8;  Mt 7.15-16; Tg 3.13; Mt 24.32-34; Ap 6.13.

                                                                 
 NISÃ
Nisã nome pós-exílico do primeiro més lunar judaico do calendário sagrado, correspondendo uma parte de março outra parte de abril  Ne 2.1. O que vou contar aconteceu quatro meses mais tarde, no vigésimo ano do reinado de Artaxerxes. Um dia, quando o rei estava jantando, eu peguei vinho e o servi. O rei nunca me havia visto triste Et 3.7. No ano doze do reinado de xerxes, no primeiro més, o més de nisã, Hamã ordenou que tirassem a sorte chamava-se isso de "purim", para decidir o dia e o més em que os judeus seriam mortos. Foi sorteado o dia treze do décimo segundo més, o més de adar. Ano doze 475 a.C. Nisã. O més que ia de meados de março a meados  de abril. Purim plural de "pur" palavra da língua acadiana que quer dizer "sorte" Et 9.26, adar. O més que ia de meados de fevereiro a meados de março. Como este era o décimo segundo més, isso dava aos judeus uma sobrevida de quase um ano. Estes més, primeiro chamado "abibe", era originalmente considerado o sétimo més e evidentemente é o més mencionado em Gn  8.4. No dia dezessete do sétimo més, a barca parou na região montanhosa de Ararate. Sétimo més. O més de etanim 1 Rs 8.2, que ia de meados de setembro até meados de outubro. Ararate. Na região da Armênia que hoje faz parte da Turquia. Por ocasião do Êxodo do Egito, Jeová designou este més como "o primeiro més do ano Êx 12.2. Este més será para vocês o primeiro més do ano 13.4. Vocês estão saindo do Egito neste dia, no primeiro més, o més de abibe Nm 33.3. O povo de Israel saiu do Egito no dia quinze do primeiro més do ano, um dia depois da primeira Páscoa. Eles saíram de Ramesés de maneira vitoriosa, e todos os egípcios os viram.
                             
                                     USO FIGURADO PROFÉTICO

A figueira e a videira são mencionadas juntas em muitos textos, e as palavras de Jesus em Lc 13.6 mostra que as figueiras muitas vezes era plantadas em vinhedos 2 Rs 18.31; Jl 2.22. A  expressão sentar-se cada um debaixo da sua própria videira e figueira simbolizava condições pacíficas, prosperas e seguras 1 Rs 4.25; Mq 4.4; Zc 3.10.


                                        JESUS ENTRA EM JERUSALÉM


Jesus entra em Jerusalém no domingo, vai até o Templo e olhou tudo em redor. Mas, como já era tarde, foi para o povoado de Betânia com os doze discípulos. No dia seguinte, a segunda feira daquela mesma semana. Jesus passou a ultima semana em Jerusalém e arredores, desde domingo até sexta feira. Se Jesus entrou em Jerusalém no domingo Mc 1.1-11, a passagem dos outros dias da semana é assinalada como segue: Segunda feira, em Mc 11.12; terça feira em Mc 11.20; quarta feira, em Mc 14.1; quinta feira, em Mc 14.12; e sexta feira, o dia da crucificação e do sepultamento de Jesus Mc 15.21-47, e em 15.1. No dia seguinte seria terça feira, Jesus e os discípulos provavelmente estivessem voltando de Betânia, onde tinham passado a noite Mc 11.20. Jesus e os discípulos voltam a Jerusalém, e os discípulos veem a figueira morta. Em vez de falar sobre o fracasso do antigo sistema religioso, representado pela figueira seca, Jesus fala sobre a nova comunidade que ele está criando e que vive pala fé e pela oração. Os discípulos chegaram perto de Jesus, em particular, e perguntaram: Por que foi que nós não pudemos expulsar aqueles demônio? Jesus respondeu: Foi porque vocês não têm fé. Eu afirmo a vocês que isso é verdade: Se vocês tivessem fé, mesmo que fosse do tamanho de uma semente de mostarda, poderiam dizer a este monte: "Saia da qui e vá", e ele iria. E vocês teriam poder para fazer qualquer coisa! Mt 17.19-20. É pela fé que se tem acesso ao poder do Reino de Deus. Porque Jesus expulsou os comerciantes do Templo? E disse aos que vendiam pombas: Tirem tudo isto daqui! Parem de fazer da casa do meu Pai um mercado! Então os discípulos dele lembraram das palavras das Escrituras Sagradas que dizem: "O meu amor pela tua casa, ó Deus, queima dentro de mim como fogo. O meu amor pelo teu Templo queima dentro de mim como fogo; as ofensas que te insultam caem sobre mim Jo 2.16-17; Sl 69.9.

Print Friendly and PDF