19 de maio de 2017

AS SETE IGREJAS

ficava na província da Ásia, região que hoje faz parte da Turquia.
Havia outras igrejas lá, como a igreja de Colossos, que não é mencionada. Nesta saudação aparecem figuras e imagens para falar sobre Deus, o Espirito Santo e Jesus Cristo. Nesta primeira visão, Cristo aparece como um ser celestial, um ser divino, vivo para todo sempre e com autoridade sobre a morte e sobre o mundo dos mortos. Cristo pede a João que escreva num livro todas as coisas que ele vai ver e que mande o livro as igrejas de sete cidades e província romana da Ásia. Éfeso era a capital da província da Ásia. Era uma bela cidade, a quarta maior do Império Romano. Ali, estava o templo da deusa Diana, uma das sete maravilhas do mundo antigo. A cidade de Esmirna, que hoje se chama Izmir, ficava junto ao mar Adriático, a uns 65 km ao norte de Éfeso. É possível que a igreja de Esmirna tenha sido fundada durante os dois anos e meio que Paulo passou  em Éfeso. Essa igreja, assim como a de Filadélfia não recebe nenhuma repreensão. Pérgamo era uma importante cidade da província romana da Ásia e um lugar que se destacava pelo culto ao Imperador romano. O primeiro templo em honra ao Imperador foi construído ali no ano 29 a.C. A cidade de Tiatira era famosa pelo seu comércio. Lídia era de Tiatira. Essa igreja se destaca por receber muitos elogios, ao mesmo tempo em que é severamente repreendida. A cidade de Sardes ficava a uns 80 km a nordeste de Éfeso. Tinha sido uma grande cidade, mas, no tempo em que o Apocalipse foi escrito, já estava em pleno declínio. Filadélfia era um importante centro comercial que ficava a uns 45 km a leste de Sardes. Essa igreja, como a de Esmirna recebe somente louvor e nenhuma censura. A cidade de Laodiceia era um importante centro industrial e comercial que ficava a uns 160 km a leste de Éfeso. Na carta que escreveu a igreja de Colossos, Paulo fala sobre a igreja de Laodiceia. Jesus Cristo não tem nenhuma palavra de louvor para os cristãos dessa igreja, somente palavra de censura. Mas isso não quer dizer que ele não os ama.